QUEM É JESUS CRISTO?

14/11/2010 17:03

No mês de agosto do ano de 1.915, o Reverendo E. N. Bell, Superintendente Geral do Concílio Geral das Assembléias de Deus dos Estados Unidos e Redator dos dois órgãos oficiais da mesma igreja, escreveu o seguinte artigo depois de ter sido batizado em nome de Jesus e que produzimos abaixo. Este artigo foi apresentado aos Presbíteros Gerais do Concílio (a Diretoria Oficial da Igreja), sendo rejeitado uma parte por eles, mas a maior parte apareceu na revista semanal ... 'The Word and Witness" (A Palavra e o Testemunho).

 O Cristo perdido sendo descoberto como o Jeová do Antigo Testamento e o Verdadeiro Deus do Novo Testamento. O reconhecimento de Cristo como o Deus Todo-Poderoso sendo recebido.

 Hoje quero dar graças a Deus pela discussão sobre o batismo nas águas em nome de Jesus Cristo, porque tem sido o meio de me revelar um Cristo mais poderoso do que antes conhecia. O assunto do batismo nas águas em o nome de Jesus, tratado só, seria uma questão relativamente pequena e inócua. Assim me parecia no princípio, como também a muitos outros, e para alguns ainda parece, porque eles ainda não têm compreendido o que está envolvido no assunto, e não têm a visão apostólica de Jesus Cristo como Senhor, ou Jeová. A questão do batismo é somente uma parte do círculo completo da verdade que há de aparecer diante de sua admirada e jubilosa visão de um Cristo mais glorioso do que antes você havia contemplado, se assim permitir, andando na luz e O obedecendo.

 Posso dizer hoje, diante de Deus e de todos os homens, que o Seu gozo está transbordando meu coração como nunca antes. Ao escrever isto Sua glória arrebata todo o meu ser e tenho de parar de vez em quando e dizer "ó Glória", para deixar escapar um pouco desse gozo. Na noite de anteontem, enquanto descansava na cama, ouvi no Espírito a mais doce e comovente canção sobre o nome de Jesus que tenho ouvido desde que nasci. Se as pessoas soubessem o que Deus está realizando na minha alma por intermédio desta nova visão de Jesus, e das maravilhas escondidas em Seu grande Senhor, e começariam a levantar suas vozes para me ajudar a louvar o Cordeiro que foi morto, mas que agora está começando a receber uma parte do louvor e honra - mas que um dia há de fazer todo o universo - mar, terra e céu, vibrar com o louvor e honra universal ao Seu grande nome. Aleluia ao Seu nome pelos séculos dos séculos!

JESUS É JEOVÁ

 Diz Is. 40: 3 "Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor (Jeová); endireitai no ermo, vereda a nosso Deus".  Esta profecia acerca de "Jeová, nosso Deus" foi citada por João Batista acerca de Jesus, pois João disse em Mt. 3: 3 que ele, João, era "voz do que clama no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas". Portanto, Jesus era o Senhor (Jeová) cujo caminho João veio para preparar.

  •  Ele é o Senhor (Jeová), o Jeová da Glória. 51. 24: 7, 10; 1 CO. 2: 8; Tiago 2: 1.
  •  Ele é o Senhor, justiça nossa (Jeová-Tsidkenu, Jeová, justiça nossa). Jr. 23: 5, 6 e 1 CO. 1: 30.
  •  Ele é Jeová sobre toda a terra (51. 97: 9 com João 3: 31). Lembre-se que o nome "Senhor no Antigo Testamento quer dizer" Jeová", porque assim está escrito no hebraico.
  •  Ele é o Jeová, o primeiro e o último. Is. 44: 6; Ap. 1: 17; Is. 48: 12 a'16 e Ap. 22: 13,
  •  Ele é o Jeová dos Exércitos. Is. 6: 1 a 3 e João 12: 41; Is. 8: 13-14 e 1 Pedra 2,: 8.

 ELE É O ETERNO DEUS E CRIADOR

  Salmo 102: 24·27 diz: "Deus meu, não me leves no meio dos meus dias, tu, cujos anos alcançam todas as gerações. Desde a antiguidade fundaste a terra; e os céus são obras das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarás mudados. Mas tu és o mesmo, e os teus anos nunca terão fim".

Agora vamos notar que o escritor inspirado do livro aos Hebreus cita estes versículos acerca de Deus, o Criador, e os aplica a Jesus Cristo, o Filho", em Hebreus 1: 18-10,12; "mas, acerca do Filho: O teu trono, Ó Deus (note que o Filho é chamado Deus), é para todo o sempre . , "Ainda: No princípio, Senhor lançaste os fundamentos da terra, e os céus são obras das tuas mãos; eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual vestido, também, qual manto, os enrolarás, 'como vestidos serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo e os teus anos jamais terão fim".

ELE É O DEUS TODO-PODEROSO

Em Isaías 9: 6,7 se diz concernente a Jesus: "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz; para que se aumente o seu governo e venha paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer e o firmar mediante o juízos a justiça, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isto" .

Ele é o Maravilhoso, Conselheiro em quem estão ocultos todo o conhecimento e sabedoria de Deus. Ele é o Deus Forte. Ele há de esmiuçar todos os reinos da terra em breve, e reinará como Soberano sobre eles para todo o sempre.

Notemos também que o Novo Testamento O reconhece como o Todo-Poderoso. Em Apocalipse 1: 7,8 diz:

"Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o transpassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém. Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele é, que era e que há de vir, o Todo-poderoso. Você já reconheceu Jesus como o Todo-poderoso? O que podia ser mais claro?

JESUS É O VERDADEIRO DEUS

Jeremias 10: 10 diz: "Mas o Senhor (Jeová) é verdadeiramente Deus; ele é o Deus vivo e o rei eterno ... "

Em 1 João 5: 20 a mesma coisa é dita acerca do Filho: "Também que o Filho de Deus é vindo, e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho Jesus Cristo. Jesus é o verdadeiro Deus e a vida eterna".

ELE É EMANUEL - DEUS CONOSCO

Em Isaías 7: 14, O filho que havia de nascer foi chamado "Emanuel", que quer dizer "Deus Conosco". Em Mateus 1: 23 esta profecia por inspiração é aplicada a Jesus. Ele é Deus Conosco.

O Apóstolo diz em outro lugar: " Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo " 1 Timóteo 3: 16 ele diz: " ... grande é o mistério da piedade: Aquele (Deus) que foi manifestado na carne. .. crido no mundo, recebido na glória". Não é de se admirar que tenha chamado isso de mistério, por que quem é capaz de compreendê-lo? Mas a inspiração declara que Jesus Cristo era Deus manifestado na carne.

ELE É O SENHOR DOS SENHORES

No Antigo Testamento se diz do Deus Jeová que ele é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores (Dt. 10: 17). E o Novo Testamento cita estas passagens e afirma que as mesmas falam de Jesus (Veja Ap. 1: 5; 17: 15; 1 Tm. 6:14;15).

  • Ele é o Senhor (Jeová) do céu (1 Co. 15: 47).
  • Ele é o Senhor (Jeová) de todos (Atos 10: 36; Rm. 10: 11-13).

ELE É UM COM O PAI

  • Jesus não somente declara que o Pai está nele e é um com ele, mas afirma que o tem visto "tem visto o Pai" (João 10: 30, 38; 12: 44,45; 14: 7-10; 17: 10).
  • Ele envia igualmente com o Pai o Espírito (João 14: 16; 15: 26).
  • Tem direito à honra do mesmo modo quanto o Pai (João 5: 23).
  • É chamado o Pai da Eternidade (Isaías 9: 6).
  • Todo aquele que tem o Filho, tem igualmente o Pai (1 João 2: 24; 4: 15). ,
  •  Cristo é dono de tudo igualmente com o Pai (João 16: 15).
  •  Cristo é o Criador de todas as coisas (Isaías 40: 28; João 1: 3; CI. 1: 16; Hebreus 1: 2).
 A TRINDADE OU DIVINDADE? TUDO ESTÁ EM CRISTO

  Apóstolo inspirado diz em CI..2: 9: "Porquanto nele (Jesus Cristo) habita corporalmente toda a plenitude da Divindade".

Ora, é uma grande maravilha saber que ele era Deus, e que Deus habitava nele. É uma maravilha maior saber que "toda a Divindade" habita nele. É uma maravilha ainda maior saber que a Plenitude da Divindade habita nele, e é a maravilha das maravilhas saber que "TODA" a Plenitude da Divindade habita em Jesus. Tudo isso se declara de nosso glorioso Cristo.

Não tenha medo que o Pai e o Espírito Santo vão ficar por fora. Cremos em Deus, o Pai e no Bendito Espírito Santo. Iremos continuar falando deles, assim como fizeram os Apóstolos no Novo Testamento, quando a ocasião exige e quando seja isso o nosso assunto; mas neste momento o nosso assunto é: "As Maravilhas De Cristo".

Não faz sentido, quando estamos exaltando Jesus como Senhor, se esperar que vamos parar para mistificar nossos leitores com os mistérios gregos sobre a Trindade. De qualquer maneira, poucos, mesmo depois de muitos anos de estudo sobre a Trindade, entendem muito mais acerca do assunto do que quando começaram. Pude constatar isto quando estava no Seminário Teológico da Universidade de Chicago, quando ao terminar o curso alguém perguntou a um aluno se ele entendia a Trindade melhor depois 'do curso de estudo do que antes de começá-lo. Sem hesitar ele respondeu francamente: "De maneira alguma".

Portanto não deixe ninguém tornar você histérico ou fanático sobre o perigo de negligenciar os mistérios da Trindade, enquanto estamos exaltando a Jesus Cristo. Nunca conheci ninguém que se salvou pelo estudo da Trindade, ao passo que, exaltando a Jesus Cristo como o Poderoso Senhor pronto para salvar totalmente os que vem a ele trará esta grande salvação a milhares e milhares.

Ninguém pode vir a Deus a não ser por Jesus e aquele que tem Cristo, ou o Filho tem também o Pai. São inseparáveis! Você não pode ter Cristo sem ter também Deus, o Pai, mesmo que você quisesse. Deus somente se dá no Filho. (Deus somente dá-se a Si mesmo no Seu Filho). Do mesmo modo. quem recebe Cristo na Sua plenitude, recebe também o Espírito Santo. Jesus disse: "Naquele dia (quando forem batizados e cheios do Espírito Santo) conhecereis que eu estou em meu Pai e vós em mim e eu em vós" (João 14: 20). Como podem ambos vir a nós? Só por meio de Cristo no, Espírito. Como poderão fazer em nós moradia? Só por meio de Cristo no Espírito.

O NOME DO PAI FOI DADO A JESUS

Havia um anjo misterioso chamado "0 Anjo do Senhor" (Veja Êxodo 3:2-14;3: 14-19; 23: 20, 21),que ia adiante do acampamento de Israel. Esse não era outro a não ser Cristo, o Senhor - Jeová em forma de anjo. Deus advertiu a Moisés para obedecer a esse Anjo dizendo: " ... Nele está o Meu Nome" (Ex. 23: 21). Deus, o Pai, colocou o Seu Nome em Cristo, ou deu a Ele o Seu Próprio Nome. O que é o Nome do Pai? Em Isaías 42: 8 Deus responde: "Eu Sou o Senhor; este é o meu NOME".

"Ora, será que Deus, o Pai, efetivamente deu isso, Seu próprio Nome de Senhor a Jesus? É precisamente isto que Pedro pregou no dia de Pentecoste para que os seus ouvintes "estivessem absolutamente certos" de que Jesus foi feito "Senhor e Cristo" (Atos 2: 36). Israel o havia rejeitado como Senhor, ou Jeová, e agora é exatamente o que terá de aceitar para ser alvo. O Pai não somente deu a Jesus o Seu Nome de Senhor, mas exige também que todos os homens deverão reconhecê-lo como O Senhor. Porém, convém fazê-lo agora mesmo.

Disse Paulo: "Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o Nome que está acima de todo nome (Note que é o Pai que lhe deu este NOME), para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor ... " (Filipenses 2:9-11). Que nome mais alto podia Deus lhe dar do que o Seu próprio Nome de Senhor, ou Jeová? Este Nome não está acima de todo Nome? Ele (o Pai) não somente "lhe deu" esse nome de Senhor, ele efetivamente o fez Senhor, sim, além disto, todos devem confessar que ele "é Senhor!" Logo que, ele agora é o Senhor Jesus, ou o Senhor Jesus Cristo. Vamos desde já confessá-lo! Ele é "o Senhor do céu" (1 Co. 15: 47).

"Ora, o Senhor é o Espírito" (2 Co. 3: 17). De sorte que toda a Divindade na sua plenitude está em Jesus.

Por isso o batismo em o Nome de Jesus era o costume apostólico em toda parte.

PERDIDA A VERDADEIRA VISÃO DE JESUS

Os apóstolos lançaram corretamente o fundamento da Igreja com a visão de Jesus como "o Senhor do céu". Quando Jesus os mandou "a batizar em Nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo", eles entendiam Perfeita· mente qual era o Nome do Pai, porque Isaías lhes tinha dito que era Senhor (Jeová) (42: 8), e Jesus lhes havia aberto o entendimento para que pudessem compreender as Escrituras (Lucas 24: 45). Compreendendo que Deus é Espírito (João 4: 24) e que "o Senhor é o Espírito" (2 Co. 3: 17), eles podiam obedecer plenamente o mandar de Jesus ou simplesmente ordenar o batismo "em Nome de Jesus Cristo", como Pedro fez em Atos 10: 48, ou "em Nome do Senhor Jesus", como fez Paulo em Atos 19: 5.

Os vocábulos "Pai e Filho" exprimem simplesmente uma relação, como a de pai com o filho e a de filho com o Pai, embora todos entendam quando atribuídos a Deus e a Cristo exatamente a quem se refere, mas no sentido exato da palavra não são nomes.

Posso dizer, com toda a sinceridade, que não creio que Cristo jamais tencionava que se batizasse usando a frase: "Pai, e ... Filho, e ... Espírito Santo", Tínhamos praticado desta forma por tanto tempo que, no princípio, me parecia absurdo usar de outra forma, Mas, agora que tenho recebido a verdadeira visão de Cristo, como Senhor (Jeová); que Senhor é o Nome do Pai, como declara Isaías, e é também o Nome de Cristo, admiro-me de que tenha sido tão cego que não vi o verdadeiro significa· do de Jesus em Mateus 28: 19. Todos que quiserem batizar usando a fórmula de Mateus 28: 19, podem fazê-la e mesmo assim vou amá-los e manter comunhão com eles; mas pessoalmente com a luz que tenho recebido, não posso fazê-lo com a boa consciência. Eu prefiro usar o verdadeiro Nome comum ao Pai e ao Filho, pois o Senhor me mandou a batizar "em o Nome" e não num termo de relação que nem sequer é nome próprio. Senhor, ajuda aos amados irmãos a compreender que "Pai" e "Filho" não são, de maneira alguma, nomes próprios.

Reconhecendo que toda a Divindade estava sempre presente em Jesus, os apóstolos batizavam usando ou uma parte ou todo o Seu Nome - às vezes "Jesus Cristo" e outras vezes "Senhor", ou "Senhor Jesus" (Atos 2: 38; 8: 16; 10: 48; 19: 5). Mas não existe a mais leve sugestão, do primeiro Sermão no dia de Pentecoste até a morte do último apóstolo, que tivessem entendido que Jesus queria que usassem a frase literal de Mateus 28: 19 em vez ·de usar "O NOME". Mas quando a Igreja perdeu o segredo desse Nome, ela então começou a cair no liberalismo e formalismo, sem entender o verdadeiro significado e propósito das formas que estavam usando. Agora Deus está restaurando a visão espiritual do poderoso Jeová-Cristo, as Maravilhas em Seu Nome e Cristo cada dia se torna maior e mais glorioso diante a nossa visão.

Graças a Deus por tudo isto! Bem, devemos parar aqui, quando mal começamos com este grande assunto de QUEM É JESUS CRISTO.

Quer saber mais? Entre em contato com: 

Comunidade Evangélica RESTAURAÇÃO E VIDA 

Rua Mário Miró, 211 - Vila Oficinas - Curitiba/Pr. - CEP 82950-170

 


contador

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Contato

Comunidade Evangélica Restauração & Vida Rua Florianópolis, 1307
Bairro do Cajurú
Curitiba - Paraná
CEP 82930-030
41-3266-1447 (Pastor) contato@comunidaderestauracaoevida.com.br