O Batismo - um levantamento histórico

09/03/2011 16:47

O Batismo

Você Já observou que os apóstolos, só batizavam em nome de Jesus, Porque será? Será que eles não entenderam ou não ouviram a ordem do Mestre? Confirme pelos textos da Bíblia, a aparente discordância entre a ordem de Jesus e o batismo realizado pelos seus apóstolos, abaixo:

Leia os Versículos Abaixo:

  •  (Atos 2: 38; Atos 8: 12 e 16; Atos 10: 47,48; Atos 19: 5; Atos 22: 16; Efésios 4: 5; Romanos 6: 3,4; Gálatas 3:27; Col.2:11; Col.3:17).
  • Atos 2:38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
  • Atos 8:12 Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres.
  •  Atos 10:48 Mandou, pois, que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Então lhe rogaram que ficasse com eles por alguns dias.
  • Atos 19: 5. Quando ouviram isso, foram batizados em nome do Senhor Jesus.       
  • Gálatas 3:27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo vos revestiram de Cristo.
  • Romanos 6:3 Ou, porventura, ignorais que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? 

E as Enciclopédias o que dizem? veja abaixo:

ENCICLOPEDIA BRITÂNICA, 11a Edição, Vol. 3  Pg 365-366 "A fórmula batismal foi mudada do nome de Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela Igreja Católica no 2º Século. "  Volume 3 pág. 82  "Sempre nas fontes antigas menciona que o batismo era em Nome de Jesus Cristo."

ENCICLOPEDIA DA RELIGIÃO - CANNEY, pg 53 - "A religião primitiva sempre batizava em Nome do Senhor Jesus até o desenvolvimento de doutrina da trindade no 2° Século."

ENCICLOPÉDIA CATÓLICA DE 1913, Vol. 2, pg 365, “Aqui o Católico reconhece que o batismo foi mudado pela Igreja Católica”.

ENCICLOPÉDIA DA RELIGIÃO - HASTINGS, Vol. 2 pg 377-378-389"O batismo cristão era administrado usando o nome de Jesus. O uso da fórmula trinitariana de nenhuma forma foi sugerida pela história da igreja primitiva; o batismo foi sempre em NOME do Senhor Jesus até o tempo do mártir Justino quando a fórmula da trindade foi usada”. Na página Hastings comentando Atos 3:28, diz: "NOME é o antigo sinónimo de pessoa. Pagamento foi sempre feito em nome de alguma pessoa, referindo-se a propriedade. Portanto alguém batizado em nome de Jesus torna-se sua propriedade pessoal”. 

Nova Enciclopédia Internacional, Vol. 22 pg 477: "O termo ‘trindade’ se originou com Tertuliano, padre da Igreja Católica Romana”.

ENCICLOPÉDIA DE RELIGIÃO E ÉTICA, James Hastings, pg.384."Não existe evidência [na história da igreja primitiva] do uso dos três nomes."Rev. Steve Winter ATOS 4:12 "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos."

Enciclopédia Barsa, 1998, vol. 15, pág. 214. – A palavra trindade não aparece no novo testamento, nem Jesus e seus seguidores pensaram em contradizer o velho testamento que diz: Ouve, Israel, o senhor nosso Deus é o único Senhor (Dt 6: 4).

Quando Começou a Mudança?

No ano 313 AD, a igreja Católica começou a batizar em nome da Trindade, e aproximadamente no ano 500 AD, o batismo em nome da Trindade se tornou universal. Mas foi somente em 538, pelo decreto de Justiniano, que se tornou obrigatório as pessoas de todo o mundo a crerem na santíssima trindade católica, com pena de serem aprisionadas e até levadas a morte. A igreja Católica confirma esta mudança sobre o batismo, no catecismo em inglês:

Catecismo da Bíblia Inglês

Veja a Tradução da página 164 abaixo:

Em Cristo - A Bíblia nos diz que os Cristãos eram batizados em Cristo. (n°6) Eles pertencem a Cristo. Em Atos dos Apóstolos (2:36; 8:16; 10:48; 19:5) nos diz: "batizando em nome de Jesus". [pessoa] - uma melhor tradução seria: para o nome de Jesus.”[pessoa]  Somente no 4° Século a fórmula "Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo" tornou-se uma prática.

 Veja a Tradução do 1º texto da página 166:

Em adição, nós vimos como a igreja primitiva batizava: Primeiro o anúncio do Evangelho conseqüentemente Fé e o ato com o qual era selado em forma perfeita com o batismo “em nome [pessoa] de Jesus Cristo”.  Surge o que nós chamamos de Cristãos, que significa gente relacionada de especial forma com Cristo. Mais tarde, "no nome de Jesus" foi elaborado e tornou-se "no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

O que diz a Bíblia de Jerusalém  

A Bíblia de Jerusalém, uma das principais Bíblias impressa pela igreja Católica, no seu comentário de rodapé, sobre Mateus 28:19 diz o seguinte:“É possível que, em sua forma precisa, essa fórmula reflita a influência do uso litúrgico posteriormente fixado na comunidade primitiva. Sabe-se que o livro dos Atos fala em batizar “no nome de Jesus”(Conforme Atos 1:5; 2:38). Mais tarde deve ter-se estabelecido a associação do batizado às três pessoas da Trindade”.

O que escreveu Joseph Ratzinger no livro INTRODUÇÃO AO CRISTIANISMO

O então Cardeal Alemão, Joseph Ratzinger, escreveu em 1968 o livro INTRODUÇÃO AO CRISTIANISMO, e admite que a fórmula batismal de Mateus 28:19, foi mudada na Bíblia pelça igreja Católica para atender aos interesses da doutrina da trindade implantada no quarto século.. Lembrando que Ratzinger foi papa da Igreja Católica e bispo de Roma de 19 de abril de 2005 a 28 de fevereiro de 2013, quando oficializou sua abdicação.
 
Trecho do Livro
“The basic form of our (Matthew 28:19 Trinitarian) profession of faith took shape during the course of the second and third centuries in connection with the ceremony of baptism. So far as its place of origin is concerned, the text (Matthew 28:19) came from the city of Rome.” The Trinity baptism and text of Matthew 28:19 therefore did not originate from the original Church that started in Jerusalem around AD 33. It was rather as the evidence proves a later invention of Roman Catholicism completely fabricated. Very few know about these historical facts.” — Introduction to Christianity By Joseph Ratzinger. page 82-83. THE 1968 EDITION.

Tradução:
“A forma básica da nossa profissão de fé trinitariana (Mateus 28:19) tomou forma durante o curso dos séculos segundo e terceiro em conexão com a cerimônia de batismo. Medida em que o seu lugar de origem está em causa, o texto (Mateus 28:19) veio da cidade de Roma.”
O batismo da Trindade e texto de Mateus 28:19, portanto, não se originou a partir da Igreja original, que começou em Jerusalém por volta do ano 33. Era um pouco como a evidência demonstra uma invenção posterior do catolicismo romano completamente inventada. Muito poucos sabem sobre estes fatos históricos.”
— Introdução ao Cristianismo por Joseph Ratzinger. pág. 82-83
 
Abaixo tem o link da para o leitor conferir o texto na Edição 1969 em inglês, diretamente traduzido do original publicado em 1988 no alemão. (O texto ao lado começa na última lnha da página 82, mas infelizmente nas edições posteriores foram feitos cortes e mudanças):  LIVRO DE RATZINGER INTRODUÇÃO AO CRISTIANISMO DE 1968

O Que  dizem os Judeus Messiânicos?

Segundo o Morê (Professor) de Judaísmo do Período do Segundo Templo, da Universidade Hebraica de Jerusalém, David Flüsser em seu livro Judaísmo e Origens do Cristianismo, Vol. 1, pág. 156, a expressão  "em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" não foram mencionadas em todas as citações de Matityáhu 28:19 nos escritos de Eusébio ANTERIORES AO CONCÍLIO CRISTÃO DE NICÉIA (325 d.E.C.) sob a supervisão do imperador Constantino. O texto de Matityáhu (Mateus) 28:19 antes do referido Concílio era o seguinte: "Ide e tornai todos os gentios discípulos em Meu Nome, ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei".

Ademais, Eusébio foi pressionado pelo bispo cristão Atanásio (que teve participação no Concílio de Nicéia) a fazer a "inserção" Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, e, caso não a fizesse, seria exilado para a Espanha conforme as palavras que ouví do Rabino Joseph Shulam quando indaguei ao mesmo sobre Matityáhu (Mateus) 28:19.

Portanto, Yeshua, sob este argumento supracitado, não fez menção a em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, tratando-se, pois de um acréscimo. Infelizmente, este fato não é do conhecimento de todos.

Cordialmente no amor do Messias Yeshua (Jesus), 

Fernando Oliveira Santana Júnior - Departamento/Teológico - Ministério Ensinando de Sião – Brasil

Texto do Livro - O Judaísmo e as Origens do Cristianismo

Eusébio também não apoiava a fórmula triádica no batismo


CONCLUSÃO

Para beneficiar o dogma da trindade, a Igreja Católica adulterou o texto de (Mateus 28:19), pois os apóstolos somente batizavam em nome de Jesus.

Fontes: 
  • Livro Introdução ao Cristianismo de Joseph Ratzinger (Introduction to christianity, 1968)
  • Livro "A História Eclesiástica" - Euzébio de Cesaréia, CPAD
  • Diversos blogs e sites da web
 
SAIBA MAIS nos Estudos em PDF: 
  1. A Importância do Batismo nas Águas
  2. Essenciais do Novo Testamento 
  3. Porque Nós Batizamos Em Nome de Jesus
  4. A Verdade Sobre o Batismo Nas Águas
  5. O Que a Bíblia Fala Sobre O Batismo
  6. A Verdade Bíblica Sobre o Batismo em Nome de Jesus - Por John Paterson
  7. O BATISMO NAS ÁGUAS de acordo com A BÍBLIA e REFERÊNCIAS HISTÓRICAS  - Esse relato apresenta as doutrinas e práticas da Igreja Primitiva, 33-100 A.D. (compilado por Lewis Manuwal & traduzido por Pr. José Carlos)
  8. O BATISMO NAS ÁGUAS EM NOME DE JESUS É ESSENCIAL À SALVAÇÃO
Deixe sua mensagem em nosso livro de visita ou envie mensagem para:
  • Comunidade Evangélica Restauração & Vida
    • Rua Mário Miró, 211 - Vila Oficinas - Bairro do Cajurú - Curitiba - Paraná - CEP 82950-170 
    • 41-3266-1447 (Pastor) contato@comunidaderestauracaoevida.com.br

 


contador

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Contato

Comunidade Evangélica Restauração & Vida Rua Florianópolis, 1307
Bairro do Cajurú
Curitiba - Paraná
CEP 82930-030
41-3266-1447 (Pastor) contato@comunidaderestauracaoevida.com.br